Notícias

Empresários do setor de eventos reúnem protocolos em ofício e pedem volta das atividades à Prefeitura de Uberlândia

Representantes do setor de eventos em Uberlândia entregaram ontem (14), um ofício à Prefeitura com propostas de normas de segurança para retomada dos eventos na cidade, de forma consciente e organizada. A realização desse tipo de atividade foi interrompida há sete meses, devido à pandemia da Covid-19.

No documento, entre outros pedidos, está a solicitação da volta do funcionamento das casas noturnas, durante três dias da semana, por no máximo 4 horas, com lotação reduzida e distanciamento de dois metros entre os frequentadores.

Segundo o empresário Pedro Paulo Schwindt, representantes do segmento reuniram em um único documento uma série de protocolos que já tinham sido apresentados ao Comitê de Enfrentamento desde a semana passada.

“Nós apresentamos os protocolos e nos colocamos à disposição para que possamos voltar os eventos em Uberlândia de forma consciente. A nossa luta é que voltemos os eventos de forma gradual, consciente. Essas pessoas [que atuam no setor] estão há sete meses sem trabalhar, então está bem complexo isso para elas”, disse o representante do grupo.

Por meio de nota enviada à TV Integração, a Prefeitura de Uberlândia informou que o ofício passa por uma análise técnica para, posteriormente, ser encaminhado e discutido no Comitê de Enfrentamento da Covid-19.

A próxima reunião do comitê será nesta  sexta-feira (16).

Fase intermediária

Pelo menos até o dia 23 de outubro Uberlândia está classificada na fase Intermediária do Plano de Funcionamento das Atividades Econômicas (PFAE). Nesta faixa estão proibidos de funcionar, entre outros segmentos, casas de shows e eventos. De acordo com o Núcleo Estratégico do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19, esse tipo de atividade só estará liberada quando o Município alcançar a fase Flexível do PFAE. As avaliações são feitas semanalmente pelo Município e publicadas no Diário Oficial.

Por Bárbara Almeida e Fabiano Rodrigues, G1 Triângulo e Alto Paranaíba/Foto: Visite Uberlândia/Divulgação

Deixe seu comentário