Notícias

Covid-19: em meio ao crescimento de casos, Prefeitura de Uberlândia reativa leitos e diz que comércio não vai fechar

O comércio de Uberlândia não será fechado como medida de segurança contra a disseminação do coronavírus. O anúncio foi feito pelo secretário de Saúde da cidade, Gladstone Rodrigues, durante coletiva de imprensa realizada na Prefeitura na tarde desta segunda-feira (11).

Durante o pronunciamento, o Município também informou o crescimento do número de testes de diagnóstico realizados semanalmente. Outro anúncio feito, foi sobre a reativação de 16 leitos no anexo do Hospital Municipal, localizado no antigo Hospital Santa Catarina. A rede municipal de saúde tem capacidade para até 62 leitos destinados ao tratamento da Covid-19.

Sobre a retomada das atividades escolares presenciais, o secretário afirmou que a tendência é que as aulas retornem em breve, mas o anúncio oficial só deverá ser feito no final de janeiro. Em dezembro a Prefeitura divulgou a previsão de retorno para o dia 8 de fevereiro.

Testes

Segundo a Prefeitura, antes das festas de fim de ano, a média semanal de exames RT-PCR realizados na cidade era de três mil. No entanto, na primeira semana de 2021, esse número triplicou, chegando a 9 mil. A justificativa para o crescimento, de acordo com Gladstone, foram as confraternizações de Natal e Ano Novo.

“Foram seis mil exames na rede pública e três mil na rede particular em apenas uma semana, com 2,5 mil casos positivos. Caso o índice de contágio permaneça ascendente, haverá um esgotamento da rede municipal e não vamos conseguir atender a população”, afirmou o secretário.

Reativação de leitos

Durante a coletiva, o secretário de Saúde também anunciou a reativação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no anexo do Hospital Municipal, localizado no antigo Hospital Santa Catarina.

“Estamos reativando os leitos, mas isso não significa que, em um futuro próximo, isso seja garantia de leito para todos. Ao que tudo indica, este aumento é reflexo da semana do Natal. Ou seja, a tendência é aumentar ainda mais os casos quando começarmos a contabilizar a semana do Ano-Novo”, afirmou o secretário.

Uberlândia têm 62 leitos de UTI disponíveis, mas em novembro, o Município anunciou a desativação de 32, mantendo 30 em operação. Com a reativação dos 16 leitos, a cidade terá 46 prontos para serem utilizados.

Por: G1 Triângulo e Alto Paranaíba

Deixe seu comentário