Notícias

STJ concede liberdade ao ex-presidente Michel Temer

Decisão foi por unanimidade

Nesta terça-feira (14), a 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) votou um habeas corpus do ex-presidente Michel Temer e, por quatro votos a zero, decidiu liberar o político da prisão. A decisão também é favorável a João Baptista Lima Filho, o coronel Lima.

Votaram a favor de Temer os ministros Antônio Saldanha, Laurita Vaz, Nefi Cordeiro e Rogério Schietti.

No votos, os magistrados determinaram ainda que o ex-presidente e o coronel Lima ficarão proibidos de manter contato com outros investigado e de mudar de endereço ou sair do país sem autorização da Justiça. Eles ainda deverão entregar seus passaportes e terão os bens bloqueados.

Michel Temer voltou a ser preso após os desembargadores da 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) decidirem, por dois votos a um, revogar um habeas corpus a favor de Temer e também do coronel Lima. Na decisão, os magistrados afirmaram que a prisão era necessária “para garantia da ordem pública”.

O ex-presidente é acusado de ser o chefe de uma uma organização criminosa que teria recebido R$ 1,091 milhão em propina. O valor teria vindo de obras da usina nuclear de Angra 3. Temer foi denunciado pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

FONTE: PLENO NEWS

Deixe seu comentário