Notícias

Polícia faz buscas por assassinos de produtor rural em Porteirinha

Homem foi atingido por três tiros quando voltava para casa. Amiga da família disse que ele havia sido ameaçado

A Policia Militar de Porteirinha, de 38,7 mil habitantes, no Norte de Minas, realiza buscas na tentativa de identificar e prender os autores do assassinato do produtor rural Diógenes Barbosa Dantas, de 60 anos, ocorrido quarta-feira à noite. O crime, que chocou a população, ganhou características de execução.

Segundo a Polícia Militar (PM), o homicídio aconteceu por volta das 21h, quando a vítima retornava de sua fazenda e passava por uma estrada de terra, na comunidade rural de Guarazinho, a quatro quilômetros da sede urbana do município. Diógenes Dantas estava sozinho, pilotando uma moto. Indivíduos (ainda não se sabe quantos eram) se aproximaram em outras duas motos e atiraram contra o produtor rural, que foi atingido com três tiros – dois nas costas e um na cabeça.

Logo em seguida, os autores fugiram sem ser identificados e sem deixar pistas. Conforme a Polícia Militar, a vítima estava com dois telefones celulares e R$ 184 em dinheiro no bolso, que não foram levados. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu) foi enviada até o local, onde os socorristas constaram a morte do agricultor.

O corpo de Diógenes Dantas foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Janaúba. O enterro está marcado para as 18h desta quinta-feira, no Cemitério Municipal de Porteirinha. De acordo com uma fonte, amiga da família do produtor rural, ele teria recebido ameaças antes do homicídio, o que ainda não foi confirmado pela polícia. Diógenes pertencia à família conhecida em Porteirinha, onde o assassinato causou grande repercussão entre os moradores.

Deixe seu comentário