Notícias

O Ministro da Educação vai ao plenário da Câmara para explicar os cortes nas universidades federais

A Câmara dos Deputados impôs nova derrota ao governo ao aprovar ontem a convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, para que ele preste esclarecimentos ao plenário hoje sobre bloqueios no orçamento de seu setor. Por se tratar de convocação, ele é obrigado a comparecer à Câmara, sob pena de incorrer em crime de responsabilidade.

requerimento de convocação foi aprovado por 307 votos favoráveis e 82 contrários. Weintraub será ouvido em uma “comissão geral” (sessão de debates no plenário). Ele é o primeiro ministro do governo Jair Bolsonaro convocado por alguma das casas do Congresso.

FONTE: G1

Deixe seu comentário