Notícias

“Cortariam o meu dedo e enviariam para a minha tia” diz jovem sequestrado

Ele foi resgatado pela polícia. O crime teria sido coordenado por detento

Um rapaz de 21 anos foi sequestrado e viveu momentos de terror em Bom Despacho. A polícia suspeita que o crime tenha sido coordenado por detentos.

O sequestro aconteceu na última quinta-feira (08) na casa de uma tia da vítima. Os criminosos foram até lá, se passaram por entregadores e levaram o jovem para um cativeiro. Eles pediram um resgate 1 milhão de reais, contudo ao final aceitaram reduzir o valor para R$ 50 mil. A quantia não chegou a ser paga, já que a polícia conseguiu resgatar a vítima.

Nesta segunda-feira (12), o jovem conversou com a imprensa. Confira a seguir as declarações da vítima que foram publicadas pelo jornal O TEMPO:

Eles ameaçaram toda a minha família, falaram que iriam me matar, que se eu não colaborasse, cortariam o meu dedo e enviariam para a minha tia. Quando eu dizia que não iria colaborar, eles apagavam o vídeo (feito para ser enviado para a família) e me forçavam a gravar outro, pedindo para a minha tia agilizar o pagamento.

Eles falavam que, se eu fizesse uma gracinha, me dariam um tiro. Disseram também que eu estava dentro de uma favela e que, se me matassem, não iria dar nada para eles.

A vítima foi libertada após 36 horas de sequestro por uma equipe do Departamento Estadual de Operações Especiais (Deoesp). Três suspeitos foram presos. A polícia agora investiga quem teria ordenado o sequestro.

Outro sequestro similar foi registrado há cerca de três meses. Daquela vez a vítima foi uma criança de 7 anos e a suspeita é que o crime também tenha sido coordenado por detentos.

Com informações do Jornal O TEMPO

FONTE: TN

Deixe seu comentário